jusbrasil.com.br
5 de Dezembro de 2016
    Adicione tópicos

    TJ-DF - APELACAO CRIMINAL : APR 20030310166717 DF

    PENAL. DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA (ARTIGO 339, CAPUT, DO CÓDIGO PENAL). ABSOLVIÇÃO. DEPOIMENTOS. CONFISSÃO. INVIABILIDADE. ARREPENDIMENTO EFICAZ. DESCLASSIFICAÇÃO. CALÚNIA. MOVIMENTAÇÃO DA MÁQUINA ESTATAL. DESCABIMENTO. TENTATIVA. RECONHECIMENTO. TERMO CIRCUNSTANCIADO. IMPOSSIBILIDADE. PENA. QUANTUM. CONFISSÃO ESPONTÂNEA. REDUÇÃO AQUÉM DO MÍNIMO LEGAL. SÚMULA N. 231 DO STJ. NÃO PROCEDÊNCIA.

    Processo
    APR 20030310166717 DF
    Orgão Julgador
    2ª Turma Criminal
    Publicação
    DJU 04/12/2007 Pág. : 159
    Julgamento
    27 de Setembro de 2007
    Relator
    VAZ DE MELLO
    Andamento do Processo

    Ementa

    PENAL. DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA (ARTIGO 339, CAPUT, DO CÓDIGO PENAL). ABSOLVIÇÃO. DEPOIMENTOS. CONFISSÃO. INVIABILIDADE. ARREPENDIMENTO EFICAZ. DESCLASSIFICAÇÃO. CALÚNIA. MOVIMENTAÇÃO DA MÁQUINA ESTATAL. DESCABIMENTO. TENTATIVA. RECONHECIMENTO. TERMO CIRCUNSTANCIADO. IMPOSSIBILIDADE. PENA. QUANTUM. CONFISSÃO ESPONTÂNEA. REDUÇÃO AQUÉM DO MÍNIMO LEGAL. SÚMULA N. 231 DO STJ. NÃO PROCEDÊNCIA.

    1. TENDO O DEPOIMENTO DA VÍTIMA INDICADO VEEMENTEMENTE A INTENÇÃO DO AGENTE DE LHE IMPUTAR A PRÁTICA DO CRIME DE LESÃO CORPORAL, SABENDO SÊ-LA INOCENTE, ALÉM DE TER CONFESSADO A PRÁTICA DO DELITO, TORNA-SE INVIÁVEL O PLEITO ABSOLUTÓRIO.

    2. O INSTITUTO DO ARREPENDIMENTO EFICAZ TEM LUGAR QUANDO O AGENTE, TENDO FINALIZADO O PROCESSO DE EXECUÇÃO DO CRIME, EMPREENDE ATIVIDADE A INTERFERIR NA CONSUMAÇÃO DO DELITO.

    3. SE SOMENTE NO CURSO DAS AVERIGUAÇÕES VEIO O ACUSADO A CONFESSAR A FALSA AUTORIA DO CRIME, NÃO IMPEDINDO A MOVIMENTAÇÃO DA MÁQUINA ESTATAL, NÃO HÁ FALAR-SE EM ARREPENDIMENTO EFICAZ E, CONSEQÜENTEMENTE, EM DESCLASSIFICAÇÃO PARA O TIPO PENAL PREVISTO NO ARTIGO 138 DO CODEX.

    4. SE O RÉU IMPUTOU À SUA ESPOSA A AUTORIA DO CRIME DE LESÃO CORPORAL, DELITO ACOBERTADO PELO ARTIGO 61 DA LEI N. 9.099/1995, POR SER CONSIDERADO DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO, O INSTRUMENTO HÁBIL PARA APURAR A NOTITIA CRIMINIS É O TERMO CIRCUNSTANCIADO, SENDO DISPENSADA A INSTAURAÇÃO DO INQUÉRITO POLICIAL PARA A CARACTERIZAÇÃO DO TIPO PENAL EM QUESTÃO.

    5. RECONHECIDA E APLICADA A CIRCUNSTÂNCIA ATENUANTE DA CONFISSÃO ESPONTÂNEA, REDUZINDO A PENA NO MÍNIMO LEGAL, O DECISUM NÃO MERECE REPAROS POR TER A REPRIMENDA SIDO FIXADA EM CONFORMIDADE COM A SÚMULA N. 231 DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. NEGOU-SE PROVIMENTO AO RECURSO. UNÂNIME

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.
    Disponível em: http://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/2651729/apelacao-criminal-apr-20030310166717-df

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)