jusbrasil.com.br
2 de Dezembro de 2016
    Adicione tópicos

    TJ-DF - APELAÇÃO CRIMINAL NO JUIZADO ESPECIAL : ACR 20050110873585 DF

    PROCESSUAL PENAL. AÇÃO PENAL PRIVADA. CRIME DE ASSÉDIO SEXUAL (CP, ART. 216-A). DELITO FORMAL. INDÍCIOS DE AUTORIA E MATERIALIDADE SOBEJANTES. SUPORTE MATERIAL PASSÍVEL DE APARELHAR O PROCESSAMENTO DA AÇÃO PENAL. INEXISTÊNCIA DE EXCLUDENTE DE ILICITUDE OU ANTIJURIDICADE. REJEIÇÃO LIMINAR DA QUEIXA-CRIME. IMPOSSIBILIDADE.

    Processo
    ACR 20050110873585 DF
    Orgão Julgador
    Primeira Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais do D.F.
    Publicação
    DJU 02/10/2006 Pág. : 80
    Julgamento
    12 de Setembro de 2006
    Relator
    TEÓFILO CAETANO
    Andamento do Processo

    Ementa

    PROCESSUAL PENAL. AÇÃO PENAL PRIVADA. CRIME DE ASSÉDIO SEXUAL (CP, ART. 216-A). DELITO FORMAL. INDÍCIOS DE AUTORIA E MATERIALIDADE SOBEJANTES. SUPORTE MATERIAL PASSÍVEL DE APARELHAR O PROCESSAMENTO DA AÇÃO PENAL. INEXISTÊNCIA DE EXCLUDENTE DE ILICITUDE OU ANTIJURIDICADE. REJEIÇÃO LIMINAR DA QUEIXA-CRIME. IMPOSSIBILIDADE.

    1. QUALIFICANDO-SE O FATO ALINHADO NA QUEIXA, NO PLANO ABSTRATO, COMO TÍPICO, SOBEJANDO INDÍCIOS DE AUTORIA E MATERIALIDADE, REVESTINDO DE JUSTO MOTIVO A DEFLAGRAÇÃO DA PERSECUÇÃO PENAL, NÃO ESTANDO A AÇÃO PRESCRITA E TENDO SIDO DEFLAGRADA DE CONFORMIDADE COM O LEGALMENTE EXIGIDO, DEVE-LHE SER ASSEGURADO LIVRE TRÂNSITO, VIABILIZANDO-SE À QUERELANTE, POR SE TRATAR DE AÇÃO PENAL PRIVADA, EVIDENCIAR A CULPABILIDADE DO APELADO E RECLAMAR SUA APENAÇÃO NA FORMA LEGALMENTE AUTORIZADA.

    2. INEXISTINDO LASTRO PASSÍVEL DE ELIDIR A TIPICIDADE DO FATO IMPUTADO, NÃO CONCORRENDO NENHUMA EXCLUDENTE DE CULPABILIDADE E SOBEJANDO INDÍCIOS DE AUTORIA E MATERIALIDADE, A AÇÃO PENAL DEVE SER PROCESSADA DE CONFORMIDADE COM O PROCEDIMENTO AO QUAL ESTÁ SUJEITA, NÃO SENDO LÍCITO SE OBSTAR A FORMAÇÃO DA CULPABILIDADE DO QUERELADO OU EVIDENCIAÇÃO DA SUA INOCÊNCIA ANTES DO CUMPRIMENTO DO RITUAL PROCESSUAL E ENCERRAMENTO DA INSTRUÇÃO, SOMENTE APÓS O QUE A PROVA DEVERÁ SER COTEJADA E VALORADA, PERMITINDO O PERFEITO ENQUADRAMENTO DO AFERIDO, CARECENDO DE ESTOFO A REJEIÇÃO LIMINAR DA QUEIXA-CRIME.

    3. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. UNÂNIME.

    Veja essa decisão na íntegra
    É gratuito. Basta se cadastrar.
    Disponível em: http://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/2777501/apelacao-criminal-no-juizado-especial-acr-20050110873585-df

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)