jusbrasil.com.br
30 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 070XXXX-89.2021.8.07.9000 DF 070XXXX-89.2021.8.07.9000

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

Terceira Turma Recursal

Publicação

Publicado no DJE : 22/09/2021 . Pág.: Sem Página Cadastrada.

Julgamento

15 de Setembro de 2021

Relator

GILMAR TADEU SORIANO

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-DF__07009598920218079000_f61d9.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PROCESSO CIVIL. AGRAVO INTERNO - DECISÃO UNIPESSOAL QUE INDEFERE A GRATUIDADE DE JUSTIÇA - CONTEXTO ECONÔMICO E PATRIMONIAL DA RECORRENTE - DECISÃO MANTIDA. AGRAVO INTERNO CONHECIDO E IMPROVIDO.

1. Por ocasião do exame de admissibilidade do Recurso Inominado foi proferida a seguinte decisão: ?A concessão do benefício da gratuidade de justiça à pessoa natural depende da apresentação da declaração de hipossuficiência e evidências da condição econômica compatível com a declaração. Tais documentos não foram apresentados nos autos. Também não seria o caso de se exigir, porque há elementos indicativos de que a agravante tem condições de suportar as despesas processuais, porque é bancária e reside em área nobre do Distrito Federal (Sudoeste). Por essas razões, indefiro o pedido de gratuidade de justiça. Concedo à agravante o prazo de 48h para comprovação do pagamento do preparo (Regimento Interno das Turmas Recursais, art. 71, inciso II, e art. 74, caput)." 2. A Agravante interpôs Agravo Interno em que sustentou que no período de janeiro de 2019 até abril de 2021 tirou licença para tratar de assuntos pessoais, retornando às atividades laborais por motivos financeiros. Acrescentou que contribui com as despesas da casa e que não tem como pagar as custas processuais sem comprometimento de sua subsistência. 3. Sem razão o agravante. Permanecem em evidência os sinais de capacidade econômica incompatível com a declaração de hipossuficiência econômica, pelas razões já expostas na decisão acima referida. Nesse contexto, caberia ao agravante apresentar elementos concretos em sentido contrário, como extrato detalhado das movimentações financeiras realizadas nos últimos meses, como também quadro demonstrativo das despesas, ou declaração de imposto de renda. No entanto, nenhum outro elemento foi carreado aos autos, de modo que a manutenção da decisão que indeferiu a gratuidade de justiça é medida que mais adequada. 4. Faculto o pagamento do preparo recursal no prazo de 48 horas, contados da data de publicação do acórdão. 5. AGRAVO INTERNO CONHECIDO E IMPROVIDO. 6. Custas e honorários a serem decididos quando do exame de admissibilidade do Agravo de Instrumento.

Acórdão

AGRAVO INTERNO CONHECIDO. IMPROVIDO. UNÂNIME.
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1285241230/7009598920218079000-df-0700959-8920218079000