jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 0703185-71.2021.8.07.0010 DF 0703185-71.2021.8.07.0010

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Terceira Turma Recursal
Publicação
Publicado no DJE : 15/12/2021 . Pág.: Sem Página Cadastrada.
Julgamento
7 de Dezembro de 2021
Relator
FERNANDO ANTONIO TAVERNARD LIMA
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-DF__07031857120218070010_1e392.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

CIVIL. GELADEIRA COM DEFEITO. FALHA NA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO. DANO MORAL CONFIGURADO. RESISTÊNCIA INJUSTIFICADA DO ESTABELECIMENTO COMERCIAL À TROCA DO PRODUTO APÓS QUATRO MESES DE TENTATIVAS (FRUSTRADAS) DE CONSERTO. MAJORAÇÃO PROPORCIONAL DO VALOR DO DANO MORAL. RECURSO PROVIDO.

I. A causa de pedir retrata que: eletrodoméstico (geladeira) adquirido em 28.11.2019, com garantia estendida, em loja física Hipermercado Extra. Defeito (problema na refrigeração) apresentado em fevereiro/2021 (período abarcado pela garantia). Produto avaliado pela assistência técnica em 23.02.2021, com orientação de desligar o refrigerador por 24h e após religar. Permanência do defeito e nova assistência realizada em 20.03.2021, com troca da placa, sem resolução do defeito. Posteriores reavaliações sucessivas (cinco ocasiões), igualmente sem resolução do defeito. Vício não sanado até o ajuizamento da demanda (03.05.2021) e recusa da empresa à troca do produto ou restituição dos valores pagos.
II. No caso concreto, é de se acolher o pedido recursal das partes consumidoras à majoração proporcionalmente do valor da condenação por danos morais, porque: (a) incidem as respectivas normas protetivas, entre elas a inversão do ônus probatório e a plenitude da reparação dos danos (art. 6º); (b) patente o descaso da parte recorrida aos legítimos reclames dos recorrentes, uma vez que lhes causaram elevado desgaste, em razão dos diversos atendimentos da assistência técnica ao longo de quatro meses (sem resolução do defeito) e, por fim, negaram o legítimo direito da parte consumidora à substituição do produto ( CDC, art. 19, III); e (c) os recorrentes se viram obrigados, em plena pandemia e em home office, retornar a residência dos pais diante do defeito de um bem considerado essencial (geladeira), ao longo de quatro meses.
III. Nesse quadro, o valor fixado a título de compensação dos danos morais (R$ 800,00) não teria guardado total correspondência ao gravame sofrido ( CC, art. 944), às circunstâncias do fato e ao caráter pedagógico da medida (função precaucional).
IV. Dessa forma, urge a majoração do ?quantum? da compensação por danos extrapatrimoniais, de R$800,00 para R$ 1.500,00 para cada recorrente, suficiente a compensar os dissabores vivenciados, sem proporcionar enriquecimento indevido. Não se adota a estimativa da inicial (R$ 4.000,00 para cada recorrente), à míngua de demonstração de consequências mais gravosas ao seio social, pessoal ou familiar das recorrentes. Precedente: TJDFT, 3ª Turma Cível, acordão 1367911, DJE 14.09.2021.
V. Recurso conhecido e provido para majorar a estimativa do dano moral para R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) para cada requerente. No mais, sentença confirmada por seus fundamentos. Sem custas nem honorários (Lei 9.099/95, artigos 46 e 55).

Acórdão

CONHECIDO. PROVIDO. UNÂNIME.
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1342070696/7031857120218070010-df-0703185-7120218070010

Informações relacionadas

Aline Macedo Advocacia, Advogado
Modeloshá 3 meses

Petição Inicial Troca de produto defeituoso c/c Antecipação de Tutela e Dano Moral

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO: APL 0003019-87.2020.8.19.0202

TJMG • 0056418-83.2016.8.13.0672 • Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Guilherme Bianchini de Oliveira, Advogado
Modeloshá 3 anos

Ação Indenizatória - Produto - Serviço - Defeito - Vício Redibitório - Vicio Oculto.

Tribunal de Justiça do Estado da Bahia
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça do Estado da Bahia TJ-BA - Apelação: APL 0000132-17.2014.8.05.0175