jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-24.2021.8.07.0001 DF XXXXX-24.2021.8.07.0001

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

8ª Turma Cível

Publicação

Julgamento

Relator

DIAULAS COSTA RIBEIRO

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-DF__07106462420218070001_f5840.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CÍVEL. OBRIGAÇÃO DE FAZER C/C INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS. VEÍCULO. BAIXA EM GRAVAME INDEVIDO. VALOR DA CAUSA. INÉPCIA DA INICIAL. CUMPRIMENTO DA ANTECIPAÇÃO DOS EFEITOS DA TUTELA. IMPOSSIBILIDADE DE CONDENAÇÃO. NÃO OCORRÊNCIA. ASTREINTES. DEMORA NÃO IMPUTÁVEL À PARTE. HONORÁRIOS FIXADOS POR APRECIAÇÃO EQUITATIVA. POSSIBILIDADE.

1. O valor atribuído à causa deve corresponder à soma dos valores de todos os pedidos cumulados ( CPC, 292, VI).
2. Rejeita-se preliminar de inépcia da inicial quando os argumentos confundem-se com o próprio mérito da demanda.
3. O cumprimento da obrigação determinada em antecipação dos efeitos da tutela não implica a improcedência da pretensão autoral, nem se confunde com a perda superveniente do objeto da ação, uma vez que a determinação tem natureza precária e provisória, sendo imprescindível uma decisão posterior de caráter definitivo que a confirme ou a revogue.
4. Após cognição exauriente da matéria, subsistindo os fundamentos que embasaram a concessão da antecipação dos efeitos da tutela, é imperiosa a prolação de sentença que a confirme, para que o réu seja condenado definitivamente.
5. Como o atraso no cumprimento da antecipação dos efeitos da tutela concedidos não pôde ser atribuído à parte, a condenação ao pagamento da astreinte fixada subverteria sua natureza, tornando-a instrumento indenizatório do credor.
6. Quando não for possível mensurar o proveito econômico obtido e o valor da causa for aleatório, a fixação dos honorários por apreciação equitativa está em conformidade com a legislação.
7. Preliminares suscitadas pelo réu rejeitadas. Recursos conhecidos. Recurso da autora não provido. Recurso do réu parcialmente provido.

Acórdão

PRELIMINARES SUSCITADAS PELO RÉU REJEITADAS. RECURSOS CONHECIDOS. RECURSO DA AUTORA NÃO PROVIDO. RECURSO DO RÉU PARCIALMENTE PROVIDO. UNÂNIME.
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1347426946/7106462420218070001-df-0710646-2420218070001

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 15 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX SE 2003/XXXXX-5

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciaano passado

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE XXXXX AL

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-82.2018.8.13.0024 MG

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: XXXXX-33.2019.8.07.0001 DF XXXXX-33.2019.8.07.0001

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento: AI XXXXX-11.2021.8.26.0000 SP XXXXX-11.2021.8.26.0000