jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - APR: APR 0014600-58.2008.807.0007 DF 0014600-58.2008.807.0007

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

2ª Turma Criminal

Publicação

02/03/2011, DJ-e Pág. 186

Julgamento

24 de Fevereiro de 2011

Relator

ALFEU MACHADO

Documentos anexos

Inteiro TeorAPR_146005820088070007_DF_1299133653543.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PENAL. APELAÇÃO CRIMINAL. CORRIDA AUTOMOBILÍSTICA EM VIA PÚBLICA SEM AUTORIZAÇÃO DA AUTORIDADE COMPETENTE. 'RACHA'. ABSOLVIÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. CONTEXTO PROBANTE HARMÔNICO. CREDIBILIDADE DOS DEPOIMENTOS DOS POLICIAIS.

I. O CRIME DE 'RACHA' PÕE EM RISCO A INCOLUMIDADE PÚBLICA, DEVENDO, PARA TANTO, RECEBER ATENÇÃO ESPECIAL DO JULGADOR, A FIM DE EVITAR A IMPUNIDADE.
II. DEVIDAMENTE COMPROVADA A PRÁTICA DO 'RACHA' PELO DEPOIMENTO DOS POLICIAIS, HARMÔNICOS À DINÂMICA DELINEADA PELO CORRÉU, A CONDENAÇÃO É MEDIDA QUE SE IMPÕE.
III. OS POLICIAIS SÃO REPRESENTANTES DO PODER ESTATAL E PARA ESTE MISTER TÊM FÉ PÚBLICA, ASSIM, SEUS DEPOIMENTOS, DESDE QUE COESOS ÀS DEMAIS PROVAS DOS AUTOS E NÃO HAVENDO INDICAÇÃO DE QUALQUER INTERESSE PESSOAL NA CONDENAÇÃO DO RÉU, GOZAM DE TOTAL CREDIBILIDADE.

Acórdão

NEGAR PROVIMENTO. UNÂNIME

Resumo Estruturado

Resultado sem Formatação
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/18313410/apr-apr-146005820088070007-df-0014600-5820088070007