jusbrasil.com.br
28 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - MANDADO DE SEGURANCA: MSG 20020020054112 DF

Detalhes da Jurisprudência
Processo
MSG 20020020054112 DF
Órgão Julgador
Conselho Especial
Publicação
DJU 14/01/2008 Pág. : 1991
Julgamento
18 de Setembro de 2007
Relator
LECIR MANOEL DA LUZ
Documentos anexos
Inteiro TeorMSG_20020020054112_DF_18.09.2007.doc.doc
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

MANDADO DE SEGURANÇA - TERRA PÚBLICA - MERA DETENÇÃO - PERDA SUPERVENIENTE DO OBJETO EM RELAÇÃO AO ATO DITO COATOR - DEMANDA POSSESSÓRIA ENTRE PARTICULARES - INADEQUAÇÃO DA VIA ELEITA - CARÊNCIA DA AÇÃO - EXTINÇÃO DO PROCESSO - UNÂNIME.

I - UMA VEZ CONSTATADO QUE O ATO APONTADO COMO COATOR NÃO PRODUZIU SEUS JURÍDICOS EFEITOS, NÃO HÁ DIREITO LÍQUIDO E CERTO A SER AMPARADO PELA AÇÃO MANDAMENTAL, FALECENDO AO IMPETRANTE INTERESSE PROCESSUAL.
II - A VIA ESTREITA DO MANDAMUS NÃO COMPORTA DILAÇÃO PROBATÓRIA, O QUE ACARRETA A IMPOSSIBILIDADE DO MANEJO DO WRIT COMO SUCEDÂNEO DE AÇÃO POSSESSÓRIA.
III - PROCESSO EXTINTO SEM JULGAMENTO DO MÉRITO, COM SUPEDÂNEO NO ARTIGO 267, VI, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

Acórdão

EXTINGUIR O PROCESSO, SEM JULGAMENTO DO MÉRITO, NOS TERMOS DO VOTO DO RELATOR. DECISÃO UNÂNIME.Indexação
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/2662475/mandado-de-seguranca-msg-20020020054112-df

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 30 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS 1740 DF 1992/0014278-8