jusbrasil.com.br
17 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - Apelação Cível: APC XXXXX

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

3ª Turma Cível

Publicação

Julgamento

Relator

MARIA DE LOURDES ABREU
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PROCESSO CIVIL E ADMINISTRATIVO. ORDINÁRIA. INTIMAÇÃO DEMOLITÓRIA. AGEFIS. AUTORIZAÇÕES ESTATAIS. ATIVIDADE AGROPECUÁRIA. DESOCUPAÇÃO. DEVIDO PROCESSO LEGAL. PRINCÍPIO DA CONFIANÇA LEGÍTIMA.

1. Cabe ao Distrito Federal, por meio de sua administração descentralizada - AGEFIS fiscalizar e cumprir as ordens de demolição de acessões e benfeitorias levantadas em terras públicas sem o necessário alvará de construção.
2. A existência de autorização estatal para o desenvolvimento de atividades rurais em área litigiosa legitima sua ocupação.
3. Deve a Administração Pública atender ao devido processo legal e observar o princípio da confiança legítima quando pretender a desocupação de área litigiosa em que tenha autorizado sua ocupada.

Acórdão

CONHECER E DAR PROVIMENTO, UNÂNIME
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/310859237/apelacao-civel-apc-20140110032752

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-66.2017.8.13.0024 MG

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO RECURSO ESPECIAL: AgInt no REsp XXXXX MG 2020/XXXXX-6

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 3 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgInt no AREsp XXXXX MS 2018/XXXXX-0

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 2 anos

Supremo Tribunal Federal STF - AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO: RE XXXXX SC XXXXX-82.2016.8.24.0020

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Recurso Administrativo: XXXXX80482705000 MG