jusbrasil.com.br
24 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF - Apelação Cível : APC 20150310050620

Detalhes da Jurisprudência
Processo
APC 20150310050620
Órgão Julgador
2ª Turma Cível
Publicação
Publicado no DJE : 15/03/2016 . Pág.: 215
Julgamento
9 de Março de 2016
Relator
GISLENE PINHEIRO
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO CIVIL. REVISÃO DE ALIMENTOS. BINÔMIO NECESSIDADE E POSSIBILIDADE. DEVER RECÍPROCO ENTRE OS GENITORES. FIXAÇÃO RAZOÁVEL. SENTENÇA MANTIDA.

1. A obrigação de prestar alimentos deve atender ao binômio necessidade do alimentando e possibilidade econômico-financeira do alimentante;
2. Aos filhos é dado usufruir do mesmo padrão de vida dos seus genitores, cabendo a estes contribuir, de maneira equivalente, para o custeio das despesas do menor;
3. O desemprego ou emprego eventual do alimentante não o exime da obrigação alimentar, porque permanece o dever de sustento da filha. Todavia, não é razoável onerar o genitor de forma excessiva de forma a comprometer a sua própria subsistência;
4. Tratando-se de apenas um filho e observado o dever recíproco imposto aos pais de contribuir para a sua manutenção, tem-se que o percentual de 30% (trinta por cento) do salário mínimo, atende ao binômio necessidade e possibilidade na fixação dos alimentos; 4. Recurso conhecido, mas não provido.

Acórdão

NEGAR PROVIMENTO. UNÂNIME

Resumo Estruturado

VIDE EMENTA.
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/322126948/apelacao-civel-apc-20150310050620

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 0716386-59.2018.8.07.0003 - Segredo de Justiça 0716386-59.2018.8.07.0003

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL : AREsp 1798808 RS 2020/0317403-0

Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal de Justiça do Amapá TJ-AP - APELAÇÃO : APL 0050182-41.2014.8.03.0001 AP