jusbrasil.com.br
28 de Maio de 2020
2º Grau

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 0704582-22.2017.8.07.0006 - Segredo de Justiça 0704582-22.2017.8.07.0006

Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL. INSTITUIÇÃO DE ENSINO. BULLYING NÃO DEMONSTRADO. EPISÓDIOS DE AGRESSÃO VERBAL. OMISSÃO NÃO VERIFICADA. PRESSUPOSTOS DA RESPONSABILIDADE CIVIL NÃO COMPROVADOS. LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ. INEXISTÊNCIA. SENTENÇA MANTIDA.

I. De acordo com a inteligência do artigo 14 da Lei 8.078/1990, a responsabilidade objetiva do fornecedor, malgrado prescinda do elemento subjetivo da culpa, não exime o consumidor de demonstrar a existência de dano resultante de ação ou omissão na prestação de serviços.
II. Não caracterizam bullying episódios de ofensas verbais que não espelham intimidação sistemática, nos termos do artigo , § 1º, da Lei 13.185/2015.
III. Instituição de ensino não pode ser responsabilizada por agressões entre alunos senão quando deixa de adotar as medidas de correção e de prevenção compatíveis com o caso concreto.
IV. O reconhecimento da litigância temerária não prescinde da demonstração da conduta dolosa da parte, consoante a inteligência dos artigos 79 e 80 do Código de Processo Civil.
V. Recurso conhecido e desprovido.

Acórdão

NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO, UNÂNIME
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/796636180/7045822220178070006-segredo-de-justica-0704582-2220178070006