jusbrasil.com.br
23 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 0722193-98.2020.8.07.0000 DF 0722193-98.2020.8.07.0000

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
2ª Turma Criminal
Publicação
Publicado no PJe : 03/09/2020 . Pág.: Sem Página Cadastrada.
Julgamento
20 de Agosto de 2020
Relator
JOÃO TIMÓTEO DE OLIVEIRA
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-DF__07221939820208070000_d9694.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO EM EXECUÇÃO PENAL. RECURSO DA DEFESA. PEDIDO DE APROVEITAMENTO DE HORAS ESTUDADAS PARA APROVAÇÃO NO ENEM. POSSIBILIDADE. INTERPRETAÇÃO IN BONAM PARTEM. DADO PROVIMENTO AO RECURSO.

1. O instituto da remição na execução previsto no artigo 126 da LEP teve como objetivo, além de estimular o bom comportamento dos apenados durante a sua execução penal, de remirem, pelo trabalho, ou do estudo, parte do tempo de prisão lhes imposta, razão pela qual, qualquer atitude neste sentido, deve ser, além de prestigiada, considerada na execução das penas, pois, não é fácil de se estudar numa situação tão desfavorável, com a do cárcere.
2. O c. Superior Tribunal de Justiça, interpretando ?in bonam partem? o artigo 126, § 5º da LEP, bem como a Recomendação nº 44 do CNJ, tem admitido a utilização da remição em face da realização de atividades que não estejam expressamente indicadas no artigo 126 da LEP, possibilitando o reconhecimento do instituto aos apenados aprovados no ENEM, em razão de estudos feitos durante o cumprimento da pena, ainda que eles já tenham concluído o exame médio antes do início da execução penal. Precedentes deste e. TJDFT, eis que o ENEM não é somente uma prova de aferição de conhecimentos, pois, tem mais correspondência com o vestibular, dando direito ao ingresso nas Universidades Públicas.

Acórdão

DAR PROVIMENTO. UNÂNIME.
Disponível em: https://tj-df.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/933759718/7221939820208070000-df-0722193-9820208070000