jusbrasil.com.br
29 de Fevereiro de 2020
    Adicione tópicos

    Acusado de matar idoso é condenado a 10 anos de prisão

    Nesta terça-feira, 27/11, o Tribunal do Júri de Planaltina condenou Badr Anwar Oliveira Nunes a 10 anos de prisão pelo homicídio de José Maria Mundim, 69 anos, com pauladas e, em ato contínuo, passando o carro por cima dele.

    Para os jurados, Badr Anwar cometeu o crime com emprego de meio cruel e com utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima, além de impelido por motivo de relevante valor moral, consistente no histórico de violência sexual praticada pela vítima em desfavor do réu e no conturbado relacionamento entre ambos.

    Assim, de acordo com a decisão soberana do júri popular, o juiz condenou o réu à pena de 10 anos de reclusão, pela prática de homicídio privilegiado-qualificado, praticado de maneira cruel e com utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima (artigo 121, § 1º e § 2º , Incisos III e IV, todos do Código Penal).

    Para o magistrado, conforme reconhecido pelo Conselho de Sentença, a vítima contribuiu para o cometimento do delito.

    Badr irá cumprir a pena em regime fechado e não poderá recorrer em liberdade.

    Processo: 2017.05.1.009727-5

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)