jusbrasil.com.br
19 de Maio de 2019
    Adicione tópicos

    Júri condena rapaz por participação em homicídio

    Nesta terça-feira, 2/4, o Tribunal do Júri do Recanto das Emas condenou Felipe Castro Saraiva a 14 anos e seis meses de reclusão pela participação no assassinato de Lázaro Yago de Menezes Oliveira. Felipe foi condenado por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima (art. 121, § 2º, Inc. I e IV, c/c art. 29,"caput", ambos do Código Penal).

    De acordo com os autos, no dia 2 de dezembro de 2012, por volta das 13h, no Recanto das Emas, Felipe, acompanhado de Sérgio André de Lacerda Júnior, participou da morte de Lázaro, que foi alvejado por disparos de arma de fogo efetuados por Sérgio.

    No dia do crime, Felipe pegou um carro emprestado e usou o veículo para levar Sérgio ao local do fato. Ele também aguardou dentro do veículo, em local próximo, para facilitar a fuga e garantir o sucesso da empreitada criminosa. Por este crime, Sérgio foi condenado em 2014 a 12 anos de reclusão. O crime foi cometido em razão de rivalidade existente entre grupos residentes em quadras diferentes no Recanto das Emas.

    Felipe irá cumprir a pena de reclusão inicialmente em regime fechado e não poderá recorrer em liberdade.

    Processo: 2018.15.1.002562-2

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)